Archive for julho, 2017

  1. A minha cidade

    Naquele ano, quando entrei no mosteiro para mais um período de estudos, eu estava desiludido com a humanidade. Logo que encontrei com o Velho, como carinhosamente chamávamos o monge mais antigo da Ordem, ele me perguntou o motivo de eu estar abatido e com os ombros curvados. “Parece que carrega o peso do mundo nas […]

  2. Metades

    A casa de Canção Estrelada, o xamã que tinha o dom de transmitir a sabedoria ancestral do seu povo através da palavra, estava vazia quando entrei. O bule de café ainda estava quente, me servi de uma caneca e fui para a varanda. Uma simpática vizinha me informou que ele estava em uma escola próxima […]

  3. A arte de ajudar os outros

    Eu e Loureiro, o sapateiro amante dos livros e dos vinhos, tínhamos acabado de almoçar em um dos nossos restaurantes preferidos na pequena e charmosa cidade localizada no sopé da montanha que abriga o mosteiro. Por saber que ainda conversaríamos por um bom tempo, o garçom, um velho conhecido, deixou um bule de café fresco […]